Artigos

26/05/2010 21:05

A lenda da carruagem de Ana Jansen

  A lenda da carruagem de Ana Jansen trata de uma mulher muito rica que se instalou com a família em São Luís do Maranhão e, que, por maltratar seus escravos, teria sido condenada a vagar perpetuamente pelas ruas da cidade numa carruagem assombrada. O coche maldito parte do cemitério do...
26/05/2010 23:40

A lenda da vitória-régia

  A lenda da vitória-régia é uma lenda brasileira de origem indígena tupi-guarani. Há muitos anos, em uma tribo indígena, contava-se que a lua (Jaci, para os índios) era uma deusa que ao despontar a noite, beijava e enchia de luz os rostos das mais belas virgens índias da aldeia - as...
26/05/2010 14:58

Boitatá

É um Monstro com olhos de fogo, enormes, de dia é quase cego, à noite vê tudo. Diz a lenda que o Boitatá era uma espécie de cobra e foi o único sobrevivente de um grande dilúvio que cobriu a terra. Para escapar ele entrou num buraco e lá ficou no escuro, assim,...
26/05/2010 21:13

Boiúna

  O Boiúna é um mito de origem ameríndia, simbolizado na maior parte das vezes por uma enorme e voraz serpente escura, capaz de tomar a forma de qualquer embarcação e, mais raramente, de uma mulher ou embarcação. Existem outras lendas da cobra grande, muito popular na região norte do Brasil,...
26/05/2010 21:24

Cabeça de Cuia

  Cabeça de Cuia é uma lenda da região nordeste do Brasil, mais precisamente criada no estado do Piauí. Trata-se da história de Crispim, um jovem garoto que morava nas margens do rio Parnaíba. Sua familia era necessitada. Um certo dia, chegando para almoço, sua mãe lhe serviu, como de costume,...
26/05/2010 21:18

Cabeça Satânica

  Cabeça Satânica[1] ou Cabeça Errante, é um dos muitos fantasmas do folclore brasileiro. Não se pode indicar com exatidão a época em que esse mito surgiu, sabe-se apenas que é de origem europeia, e certamente tem raízes portuguesas. A versão mais aceita é a de que tenha chegado ao país...
26/05/2010 21:37

Cabra Cabriola

  A Cabra Cabriola é uma lenda do Piauí e Pernambuco que data dos século XIX e XX. A lenda conta que a Cabra Cabriola era um animal monstruoso que comia crianças travessas. Ele invadia casas para pegar e comer as crianças que não obedeciam os pais. De acordo com a lenda, ela cantava este...
26/05/2010 11:49

Caipora

É um Mito do Brasil que os índios já conheciam desde a época do descobrimento. Índios e Jesuítas o chamavam de Caiçara, o protetor da caça e das matas. É um anão de Cabelos Vermelhos com Pelo e Dentes verdes. Como protetor das Árvores e dos Animais, costuma punir o os agressores da ...
26/05/2010 21:43

Capeta do Vilarinho

  A Avenida Vilarinho é uma das principais avenidas do bairro de Venda Nova em Belo Horizonte. Por lá sempre funcionaram muitos forrós, gafieiras e bailes de todo tipo. Foi num desses bailes, mais precisamente no baile funk das Quadras do Vilarinho, que num dia qualquer do início dos anos 90...
26/05/2010 14:55

Cobra grande

Há muito tempo, existiu em uma das tribo do Amazonas, uma mulher muito perversa que inclusive, devorava crianças. Para por fim a tantas dores causadas por ela, a tribo decidiu atirá-la no rio, pensando que ela morreria afogada e nunca mais viesse a perseguir ninguém. Porém, Anhangá, o gênio do mal,...
26/05/2010 21:47

Comadre Fulozinha

  Comadre Fulozinha é uma personagem mitológica do Nordeste brasileiro, o espírito de uma cabocla de longos cabelos, ágil, que vive na mata protegendo a natureza dos caçadores, que gosta de ser agradada com presentes, principalmente fumo e mel. Algumas pessoas a confundem com Caipora (ou...
26/05/2010 21:52

Corpo-Seco

  Corpo-Seco, segundo a lenda, é um homem que passou a vida batendo na mãe. Quando morreu, foi rejeitado por Deus e pelo Diabo, inclusive pela terra que enojada repeliu-o. Um dia, se levantou de sua tumba, completamente podre, e vive grudado em arvores que depois ficam secas. No interior de...
26/05/2010 21:56

Cuca

  A Cuca é um dos principais seres mitológicos do folclore brasileiro. Ela é conhecida popularmente como uma velha feia na forma de jacaré que rouba as crianças desobedientes. A origem desta lenda está num dragão, a coca das lendas portuguesas, tradição que foi levada para o Brasil na época da...
26/05/2010 22:25

Cumacanga

  A Cumacanga é uma lenda brasileira encontrada no Pará e no Maranhão. Seria uma mulher amaldiçoada em vista de ser concumbina de padre ou a última filha de uma sequência de sete que nas sexta-feiras, solta a cabeça do corpo transformando-se em uma bola de fogo, sendo uma variação da lenda da...
26/05/2010 22:17

Festa do boi falô

  A lenda que originou a festa teve início na época da escravidão no Brasil, e conta a história de um escravo que trabalhava na Fazenda Santa Genebra, uma das maiores da região. Num dia santo de guarda, o capataz da fazenda lhe ordenou um transporte de cereais para a cidade, em carro de boi,...
26/05/2010 11:50

Iara

Os cronistas dos séculos XVI e XVII registraram essa história. No princípio, o personagem era masculino e chamava-se Ipupiara, homem peixe que devorava pescadores e os levava para o fundo do rio. No século XVIII, Ipupiara vira a sedutora sereia Uiara ou Iara. Todo ...
26/05/2010 20:38

Lobisomem

  O lobisomem é um dos mais populares monstros fictícios do mundo. Suas origens se encontram na mitologia grega, porém sua história se desenvolveu na Europa. A lenda do lobisomem é muito conhecida no folclore brasileiro, sendo que algumas pessoas, especialmente aquelas mais velhas e que moram...
26/05/2010 22:44

Loira do Bonfim

  A Loira do Bonfim é um personagem mitológico da cidade de Belo Horizonte. Na década de 1950 ficou conhecida na cidade a lenda de uma mulher loira que conquistava os homens no centro da cidade e os convencia a ir na sua casa, no bairro do Bonfim. Ao chegar lá ela se dirigia ao cemitério e...
26/05/2010 22:46

Mãe-de-ouro

Mãe-de-ouro, no folclore brasileiro, é uma bola de fogo que indica os locais onde se encontram jazidas de ouro que não devem ser exploradas. Às vezes, pela madrugada essa bola de fogo se transformaria também em uma belíssima mulher com um vestido longo de seda e com cabelos dourados refletindo luz...
26/05/2010 11:51

Mula sem cabeça

Nos pequenos povoados ou cidades, onde existam casas rodeando uma igreja, em noites escuras, pode haver aparições da Mula-Sem-Cabeça. Também se alguém passar correndo diante de uma cruz à meia-noite, ela aparece. Dizem que é uma mulher que namorou um padre e foi amaldiçoada....
26/05/2010 21:29

Nego dagua

  O nego dagua é um ser mítico, defensor do Rio São Francisco, que assombra os pescadores e navegantes, chegando mesmo a virar e afundar embarcações. Para esconjurá-lo, os marujos do São Francisco fazem esculpir, à proa de seus barcos, figuras assustadoras chamadas carrancas. Outros...
26/05/2010 20:48

Negrinho do Pastoreiro

  O Negrinho do Pastoreio É uma lenda meio africana meio cristã. Muito contada no final do século passado pelos brasileiros que defendiam o fim da escravidão. É muito popular no...
26/05/2010 22:29

O frade e a freira

O frade e a freira, são formações rochosas de granito localizadas em Itapemirim, cujos municípios limítrofes são: Cachoeiro de Itapemirim, Rio Novo do Sul e Vargem Alta. Está localizado no sul do estado do Espírito Santo, Brasil. Pode ser visto a partir da rodovia BR-101, no trecho de Vitória à...
26/05/2010 23:36

O velho do saco

  Conta a história que, caso a criança saísse de casa sozinha, ou fosse brincar sozinha na frente de sua casa, viria um velho sujo e mal vestido, um tipo de mau elemento, com um saco cheio de crianças que ele havia pego no caminho. Segundo a lenda, as crianças do saco que o velho carrega, eram...
26/05/2010 20:53

Papa Figo

O Papa Figo, ao contrário dos outros mitos, não tem aparência extraordinária. Parece mais com uma pessoa comum. Outras vezes, pode parecer como um velho esquisito que carrega um grande saco às costas. Na verdade, ele mesmo pouco aparece. Prefere mandar seus ajudantes em busca de suas vítimas. Os...
26/05/2010 22:52

Pisadeira

  Geralmente é descrita como uma mulher muito magra, com dedos compridos e secos, unhas enormes, sujas e amareladas. Tem as pernas curtas, cabelo desgrenhado, nariz enorme e muito arcado, como um gavião. Os olhos são vermelho fogo, malignos e arregalados. O queixo é revirado para cima e a boca...
26/05/2010 23:08

Pretinho aleijado

  Tratava-se de um rapaz negro que não possuía uma das mãos e que durante anos foi zelador da Igreja Santo Antônio, uma pequena igreja de arquitetura eclética localizada no centro da cidade e construída pelo fundador da cidade, Antônio Trajano, no ano de 1914. O Pretinho aleijado, entre outras...
26/05/2010 23:15

Procissão das Almas

  Por volta de 1905, em Santa Branca, ainda havia muitas procissões. Estes eram momentos em que toda a sociedade encontrava-se para realizar suas orações e ver-se. As procissões, mais do que um momento religioso eram verdadeiras festas da comunidade. A vida em comunidade tinha suas regras....
26/05/2010 23:18

Romãozinho

  Romãozinho é uma criatura do folclore brasileiro. Ele é um menino, filho de um agricultor e já nasceu mau e pérfido. Ele sempre gostou de maltratar os animais e destruir as plantas. Uma vez, sua mãe mandou-o levar o almoço ao pai, que trabalhava na roça. Ele foi de má-vontade. No meio do...
26/05/2010 11:53

Saci perere

A Lenda do Saci data do fim do século XVIII. Durante a escravidão, as amas-secas e os caboclos-velhos assustavam as crianças com os relatos das travessuras dele. Seu nome no Brasil é origem Tupi Guarani. Em muitas regiões do Brasil, o Saci é considerado um ser brincalhão enquanto ...
26/05/2010 23:23

Salamanca do Jarau

  A Salamanca do Jarau é uma lenda gaúcha, também conhecida como lenda da Teiniaguá, que conta a história de uma princesa moura que se transformara em bruxa, e que teria vindo em uma urna de Salamanca, da Espanha, e acabou indo morar em uma caverna no Cerro do Jarau, no Rio Grande do Sul. Esta...
26/05/2010 23:30

Teju Jagua

Teju Jagua é conhecido como deus das cavernas, grutas e lagos na mitologia guarani.Ele tinha um corpo de lagarto e sete cabeças de cachorro, diziam que tinha o corpo muito grande, e por isso andava se arrastando como um lagarto, ele so comia frutas e mel.
26/05/2010 22:34

Uirapuru

  A lenda do Uirapuru é a lenda de um pássaro especial, pois dizem que ele é mágico, quem o encontra pode ter um desejo especial realizado. O Uirapuru é um símbolo de felicidade. Diz a lenda que um jovem guerreiro apaixonou-se pela esposa do grande cacique. Por se tratar de um amor proibido...

© 2010 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode